Direito
à cidade

Direitos
econômicos

Direitos
sociais

Direitos
Culturais

Direitos
Ambientais

Eixos conceptuais

01

Acolhendo a migração nas cidades

02

Enfrentando as lacunas: Desigualdades econômicas e socio-espaciais

03

Erradicando a violência contra mulheres e pessoas sexualmente diversas

04

Promoção de ações contra racismo, xenofobia, aporofobia, homofobia e outras formas de intolerância

05

Cidades e territórios livres de corrupção

06

Neutralizando extremismos violentos

07

Construindo espaços livres de violência interpessoal direta

Sobre o fórum

Esta será a terceira edição de um encontro mundial que começou em Madri em 2017, com a participação de quase 10.000 pessoas (somando suas duas edições anteriores), procedentes de mais de 100 países em todas as latitudes do mundo e representando instituições internacionais; governos nacionais, regionais e locais; entidades da sociedade civil; ativistas sociais; universidades; empresas; e jovens em idade escolar. Para maiores informações, por favor, consultar este link

Esta reunião é um fórum multi-ator e multinível que destaca a importância da construção da convivência e da paz nas cidades e territórios, bem como a necessidade de identificar as causas de tensões e violências, para implementar políticas públicas, programas e iniciativas de cidadania que ajudam a construir cultura e educação para a paz.

O Fórum não é um evento, é um processo de reflexão e de incidência global, coletiva e horizontal, com o objetivo de oferecer soluções a nível político e na implementação de políticas para a construção da convivência e da paz nos territórios. Durante o processo do Fórum, se celebra um evento de convocação mundial que marca um marco no roteiro que se estende através de redes, cidades, ações de intercâmbio, incidência política, programas educacionais ou campanhas em diversas partes do mundo com formatos diferentes.

Assim, a convocatória para um evento mundial é um momento importante de somar energias que permite o intercâmbio e o debate. Um espaço que ajuda a promover de forma mais eficaz e eficiente os valores da construção da convivência e da paz.

O Governo da Ciudad de México, acompanhado por um Comitê Organizador, no qual participam organizações internacionais, regionais, nacionais e locais (consultar mais adiante), mostrou sua firme vontade de assumir uma terceira convocatória do Fórum.

A celebração desta terceira edição presencial estava prevista para os dias 5 ao 7 de outubro de 2020. O impacto da COVID 19, como mencionado anteriormente, e que se aprofundará nas páginas seguintes, nos faz repensar os formatos e o plano de ação, sem renunciar à validade do processo e à possível realização do evento presencial no primeiro semestre de 2021.

0 3

edições do
fórum mundial

0 9
k

participantes em edições recentes

0 100

países envolvidos

0 259

experiências de construção da paz em exposição

0 90

seminários auto-organizados realizados

Dra. Claudia Sheinbaum Pardo

Chefe do Governo da Cidade do México

Um dos objectivos do Governo da Cidade do México, liderado pela Dra. Claudia Sheinbaum Pardo, é contribuir para o usufruto dos direitos fundamentais, acesso à justiça e uma vida digna e de paz para as pessoas que vivem e viajam na cidade. Neste sentido, o espírito que guia e a partir do qual procuramos acrescentar ao encontro é transformar as cidades em lugares inclusivos, seguros, sustentáveis, plurais e prósperos.

CLAUDIASHEINBAUM1
CLAUDIA

TERRITÓRIOS PARTICIPANTES

Cartografia da Paz

Revista Cidades da Paz

Subscreva a nossa newsletter

Agradecemos o apoio financeiro do Programa 100 Cidades Resilientes da Fundação Rockefeller para a construção deste website