Editorial Agosto 3, 2020

COVID 19 e seu impacto no Fórum

A pandemia da COVID 19 mostrou que a vulnerabilidade pode abranger a humanidade como um todo, seja por causas naturais ou por causas sociais. A crise quádrupla que esta pandemia causou (saúde, social, econômica, política) também mostra a necessidade de dar mais valor à cultura do comum, à convivência, às políticas de cuidados, a economia circular, a sustentabilidade, o equilíbrio com a natureza.

O impacto da pandemia e a resposta a ela mostra que as pessoas mais pobres e vulneráveis são as mais afetadas. Com a pandemia aumentaram o medo e a xenofobia, as fronteiras foram fechadas, tornando a vida dos imigrantes e refugiados ainda mais frágil. A solidariedade, como um valor reforçado diante das crises, compete fortemente com as histórias de ódio. As crianças enfrentam o grave problema da interrupção na educação, devido aos efeitos das políticas de confinamento. A violência contra as mulheres está aumentando diante da necessidade de convivência forçada.

O aumento do uso de redes sociais também traz um aumento do assédio, ao mesmo tempo que crescem as notícias falsas. Os extremistas, agora confinados, ameaçam voltar para as ruas com maior agressão. O impacto social e econômico da crise dobra o número de pessoas em situação de fome extrema e de insegurança alimentar aguda (em geral mais de 1 bilhão), e aumenta significativamente a população em situação de pobreza. O mesmo pode também levar ao desencanto e ao desespero, se não houver políticas de proteção coerente, e gerar novas ondas de violência social.

Na esfera política, a pandemia, ainda viva, gera incerteza sobre o papel futuro dos estados, das finanças, das prioridades de investimento e dos serviços públicos. O fortalecimento de democracias, representativas e participativas ou, ao contrário, de autoritarismos.

O conceito de “segurança nacional” deve ser aproximado do conceito de “segurança humana”. Investimento em armamento e tecnologia de segurança deve ter o espaço que merece, e a pandemia demonstra a necessidade de investimento em inovação para a ciência e a saúde. A convivência entre uma governança global e local se tornam mais importantes.

Em resumo, esta crise global, gerada por um novo vírus, significa uma mudança global em muitos países. esferas da vida. Representa um perigo para a convivência e a paz, assim como uma oportunidade de construir uma forma de viver melhor, mais saudável e mais justa. Por este motivo, e por outros mais, o Fórum, torna-se mais importante neste contexto.